Vídeo: Morte e Vida Severina (Auto de Natal Pernambucano)

Sem entrar na posição religiosa de cada um, o natal e o fim de ano podem ser uma boa hora para celebrar a vida e a renovação dela.

E não há melhor resposta
que o espetáculo da vida:
vê-la desfiar seu fio,
que também se chama vida,
ver a fábrica que ela mesma,
teimosamente, se fabrica,
vê-la brotar como há pouco
em nova vida explodida;
mesmo quando é assim pequena
a explosão, como a ocorrida;
mesmo quando é uma explosão
como a de há pouco, franzina;
mesmo quando é a explosão
de uma vida severina.