Faces e Frases de Pelé: poeta, profeta, pateta

Na foto Pelé ou Édson
Na foto Pelé ou Édson

Dr. Jekyll e Mr. Hyde. Bruce Wayne e Batman. Darth Vader e Anakin. Os casos de alter ego e dupla personalidade são inúmeros nas artes e na cultura popular. O poeta Fernando Pessoa foi capaz de assinar por centenas de pseudônimos. Mas poucos conseguiram, na vida real, escrever tão bem um confronto de personalidades quanto Pelé, o Édson.

(A multiplicidade de personas talvez tenha sido a inspiração do criador deste excelente Tumblr sobre o Rei do futebol.)

O atleta do século (passado) foi, até hoje, o maior gênio dentro de campo. Fora dele, não conseguiu manter a regularidade. Sua habilidade com a bola não se fez igual com palavras. Se Pelé antes era exímio ao se desvencilhar de marcadores, depois foi especialista em se engalfinhar com poderosos.

Difícil dizer se até o fim de sua carreira aqui na Terra Édson conseguirá igualar em pérolas os mais de mil gols que anotou como jogador – se já não o fez. De qualquer forma, é possível ler abaixo algumas de suas composições até que novas venham à tona. Só não sabemos ao certo como definir o autor ou quando elas foram ditas por Pelé ou por Édson.

DUPLA PERSONALIDADE

“Pelé jogador acabou, e sei que será muito difícil igualá-lo com o Édson. Esse é o meu grande desafio de hoje em diante”.

(Pelé, em outubro de 1977, quando encerrou a carreira atuando pelo Cosmos, reconhecendo que para ele seria difícil ser um bom homem quando se é o melhor jogador do mundo).

RICARDO TEIXEIRA

1)  “Vou lutar contra a corrupção neste futebol que tem jogadores e clubes miseráveis, enquanto há gente milionária da Confederação”.

(Pelé ou Édson, em 1993, prometendo artilharia pesada contra a CBF que já era feudo de Ricardo Teixeira).

2) “Esta história [da candidatura] está acontecendo desde o ano passado ou retrasado. João Havelange foi um brasileiro [na presidência da Fifa] e foi importante para o país. Se o Ricardo Teixeira for candidato mesmo, claro que vou apoiar, se precisar”.

(Pelé ou Édson, em 2010, defendendo a candidatura de Ricardo Teixeira à FIFA anos depois de desistir oficialmente da luta contra a corrupção).

3) “Só vou à sua casa se você me convidar, se não me convidar não posso ir entrando. Ele é o presidente da confederação e ele decide quem quer convidar ou não. Se ele me convidar para participar das ações, vou com o maior prazer, se não me convidar, não vou. É bastante simples”.

(Pelé ou Édson, em 2011, sobre sua participação nas ações  da Copa do Mundo 2014, sinalizando ao dono da casa, Ricardo Teixeira, que é uma visita bem educada).

POLÍTICA

1)  “Neste momento afirmo que devo tudo ao povo brasileiro. E faço um apelo para que nunca se esqueçam das crianças pobres, dos necessitados e das casas de caridade”.

(Pelé ou Édson, agradecendo ao povo brasileiro que vivia em plena ditadura militar. As crianças pobres que tiveram sorte cresceriam e ainda ouviriam muitas frases feitas como essa.)

2) “Muita gente não sabe, mas não joguei a Copa de 1974 por desgosto em relação ao regime político do país. Era a época da ditadura.”

(Pelé ou Édson, em novembro de 1988, jogando para a torcida).

CORRUPÇÃO

1) “Para recuperar o seu melhor futebol, o Brasil deve acabar com a corrupção”

(Pelé ou Édson, em julho de 1988).

2) “A Copa das Confederações serve muito para a gente ter uma base de como vai ser a nossa equipe. Vamos esquecer toda essa confusão que está acontecendo no Brasil e vamos pensar que a seleção brasileira é o nosso país, é o nosso sangue. Não vamos vaiar a seleção. Vamos apoiar até o final”.

(Pelé ou Édson , em junho de 2013, dizendo que para recuperar o melhor futebol o Brasil deve se calar contra a corrupção).

PEGADOR

“A Jackie Kennedy me cumprimentou, e na mesma hora senti aqueles olhares em volta, como se o pessoal estivesse pensando: ‘Pô, o crioulo está com tudo’, e eu lá, pensando, ‘Ela nem é bonita, nem dá tesão”.

(Pelé ou Édson, em 1985).

COMENTARISTA

“Não tenho a menor dúvida de que a Colômbia é hoje a melhor equipe do mundo.”

(Pelé ou Édson, em junho de 1994, antes da Copa dos EUA. A Colômbia foi eliminada na primeira fase).

MARADONA

“Eu disse, então, que Zico é muito mais importante para uma equipe do que o Maradona. Basta ver os gols que ele faz, decidindo. Já o Maradona não tem tanta importância”.

( Pelé ou Édson, em maio de 1983, três anos antes de o argentino ganhar a Copa do Mundo liderando o time. Zico, vindo de contusão, perderia um pênalti nas quartas de final contra a França e o Brasil seria eliminado).

SEXO

1) “Tinha no máximo 14 anos. Mas, sejamos justos, não era muito o meu negócio. Foi com um homossexual a quem o time todo aproveitava”.

(Pelé ou Édson, em 1981,  sobre como foi sua primeira vez, provando que Ronaldo não é único fenômeno nessa área).

2) “Naquela época, a gente nem chamava de ‘bicha’, era ‘veado’ mesmo. Mas nunca falei que tinha transado com essa ‘bichinha’, era o resto do time (do Bauru Atlético Clube, primeiro time de Pelé) que fazia isso. Publicaram errado… De qualquer forma, não tenho problemas com isso e eu diria se tivesse feito. Até porque criança faz um monte de besteiras”.

(Pelé ou Édson em 2011, ao comentar entrevista que Pelé ou Édson deu sobre a primeira vez de Pelé ou Édson).

13) “Nunca usei Viagra, nunca precisei, só fiz promoção. Na propaganda eu pedi que quem precisasse fosse procurar um médico, mas não é o meu caso”.

(Pelé ou Édson, em 2011, mostrando que nunca usou viagra, só óleo de peroba).

12 pensamentos excitantes (ou não) sobre sexo antes do esporte

Para celebrar o Dia dos Namorados, nada melhor do que esporte e sexo. Para alguns, o problema é a ordem das coisas. Separei 12 visões, algumas célebres, sobre a prática do esporte universal antes do esporte nacional.

CONSERVADOR
Telê Santana: “Eu, como fui jogador, acho que o sexo antes do jogo, um dia antes, por exemplo, não faz bem. É um desgaste muito grande do jogador, e esse desgaste vai refletir lá dentro do campo”

ASSÍDUO
Romário: “Sexo antes do jogo sempre me ajudou”.

MELHOR DO QUE… LASANHA?
Ronaldo Fenômeno: “É um tabu sério que existe no futebol de que o sexo atrapalha. Eu acho que masturbação atrapalha muito mais. Cansa muito mais que o próprio sexo”

RECATADO

Kaká: “Acho que tudo tem seu tempo. Antes do jogo a gente está concentrado, e não há tempo para ficarmos pensando nisso. Depois do jogo, quando estivermos tranquilos, tudo bem. Pensa na esposa, faz sexo e outras coisas”


VIRGEM 
Neymar (em 2011): “Se atrapalha ou não, eu não sei, porque ainda não fiz”,

POLÍTICO

Fred: “Antes dos jogos, estamos concentrados com mais 30 homens no hotel. Nunca fiz e nunca vou fazer sexo às vésperas de uma partida”.

ABSTÊMIO
Dunga: “nem todo mundo gosta de sexo, vinho e sorvete. Temos que respeitar”.

PONDERADO
João Saldanha: ““homem, quando arranja mulher nova, quer mostrar serviço e acaba tendo um desgaste maior”.

LIBERAL
Casagrande: “Sexo não faz mal nem antes nem depois do jogo. Só durante.”

ROMÂNTICA

Hortência:  No meu caso, eu acho que ajuda, quando você faz uma coisa por amor – sexo é uma coisa que você faz por amor. O sexo me realiza e quando a mulher se sente realizada, produz muito melhor. 

ESPECIALISTA
Laura Muller (sexóloga): “Depende quem é esse atleta, de como ele se relaciona com a sexualidade. Se o sexo vai gastar muita energia, se a transa for muito longa, pode não ser legal. Agora, se isso vai dar mais pique… Às vezes a pessoa tem uma relação que energiza, traz um novo colorido, mais motivação”.

SABEDORIA POPULAR
Autor Desconhecido: “Sexo antes do jogo só atrapalha se atrasar a partida”