Rod Stewart: figurinha da Escócia

Rod Stewart figurinhaEm qualquer área da vida sempre há uma grande obra feita há muitos anos, mas que por circunstâncias aleatórias ignoramos.

Até o momento que nos deparamos com elas e dizemos: “como não conhecia isso antes”.

Em alguns casos, dá uma certa vergonha não saber  do que milhões de pessoas já conhecem.

Até por isso deve ter tanta gente que finge conhecer.

Falcão, Sócrates e quase toda a Seleção de 82.

Só fui ver e entender melhor sua magnitude há poucos anos.

Obviamente desde que nasci aprendi que eles eram uma geração primorosa. Uma lição, aliás, que deveria constar no currículo escolar. Mas ir atrás, ver os vídeos dos jogos, lances dos craques nos seus times nos dá outra dimensão.

Na música ocorre o mesmo. Vira e mexe “descubro” algo que milhões já sabem.

Rod Stewart é um desses últimos casos e é misto.

Porque ele é há muito tempo um grande nome da música e sempre esteve profundamente envolvido com futebol.

Sempre soube disso, mas nunca fui  ouvir sequer um disco seu.

Até agora.

Conhecendo melhor suas canções, vendo seus shows, seu carisma. Minha perspectiva aumentou.

Acho até bom que não houvesse escutado antes porque o estilo sossegado provavelmente não me agradaria quando jovem e ávido por sons pesados.

Torcedor fervoroso  do Celtic, ano passado Rod Stewart até chorou no estádio quando seu time venceu o Barcelona de Messi.

Dizem até que jogava um futebol de qualidade.

Chegou a atuar em clubes da Inglaterra, mas acabou despontando mesmo na música com guitarristas como Jeff Beck e Ron Wood (que depois de tocar junto com ele no “Faces”  iria para os Rolling Stones).

No Brasil, consta que ele se declarou torcedor do Fluminense durante os anos 70, principalmente devido sua amizade com Paulo César Caju e Marinho Chagas.

Mas não tenho notícias de que ele saiba como um jogador brasileiro causou polêmica ao escolher outra pátria para jogar. Então, ainda que Rod Stewart tenha nascido em Londres, tem pai e time de coração escocês, aqui ele é figurinha da Escócia.