Pavarotti: figurinha da Itália

  • SumoMe

Pavarotti figurinhaDizem que como quase toda criança na Itália, ele também sonhava em ser jogador de futebol. Na wikipedia consta sua paixão pelo calcio e seu amor pela Velha Senhora, a poderosa Juventus de Turim.

Mas a fama e o reconhecimento vieram por sua competência em uma área que possui muito menos espaço na mídia do que o esporte: a música clássica.

Por mais que seu carisma, o alcance vocal e sua habilidade indiscutível tenham sido essenciais para sua consagração, Luciano Pavarotti também acabou tocado pelo futebol para que pudesse se tornar uma das figuras públicas mais conhecidas mundialmente e também para fazer a música clássica alcançar um patamar de popularidade incomparável.

Foi durante a Copa do Mundo da Itália, em 1990, que Luciano Pavarotti se apresentou pela primeira vez, em um concerto promovido pela FIFA, junto aos tenores espanhóis Plácido Domingo e José Carreras, além do maestro Zubin Mehta. A partir dali, eles fariam o álbum mais vendido de todos os tempos da música clássica e, como no futebol, também despertariam a ira de alguns fãs radicais, defensores da “autêntica música erudita” e que torceram o nariz para a massificação do estilo.

Seja como for, a apresentação se repetiria várias outras vezes, inclusive na final da Copa do Mundo em 1994 nos EUA, quando o show ganhou ainda mais repercussão e ficou marcado também pelas brincadeiras de Plácido Domingo e José Carreras durante a execução da Aquarela do Brasil com o tenor italiano , que pouco depois veria sua seleção perder o título mundial nos pênaltis para o Brasil.